Sábado, 1 de Dezembro de 2012

free your mind

 

292485_345452388872944_110496393_n_large

 

Não gosto da ideia da perfeição e as palavras "tudo", "nada", "sempre" e "nunca", para mim, são demasiado ilusórias.

Odeio quem me acaba de conhecer e já me diz um "amo-te". Abomino pessoas simpáticas demais, que fingem sentimentos, que fazem elogios forçados e as palavras que proferem, tão aparentemente inocentes, têm significados ocultos. Detesto drama e choradeiras infernais somente para chamar a atenção, vitimizando-se por tudo e por nada e, de certa forma, tenho pena das pessoas que dão atenção a isto. Também não gosto de indivíduos que tratam desrespeitosamente e indelicadamente os outros. A palavra preconceito faz-me impressão e não consigo perceber o porquê das pessoas viverem somente das aparências, sem se questionarem do mundo à sua volta.

Detesto falsidade, mentiras, hipocrisia e de línguas sujas e repugnantes que levam à propagação rápida de pandemias e começo a achar, cada vez mais que, certas pessoas, deixam de parte os costumes, as tradições e, acima de tudo, os valores, dando prioridade à rotina, ao cómodo e ao facilitismo.

E, o mais triste disto tudo, é que o nosso futuro está dependente destas pessoas mas mantenho uma esperança que ocorrerá uma mudança! Não quero o mundo perfeito mas queria um lugar sem tantas discrepâncias, mais estável e desejava, acima de tudo o resto, que as pessoas vissem a beleza que predomina no mundo é nas coisas mais básicas e simples e se refletirmos, chegamos à conclusão, que a chave da felicidade, do amor e do sucesso não vem do sítio onde vivemos mas sim do modo como encaramos tudo à nossa volta!

publicado por InêsGonzalez às 22:06
link do post | comentar | favorito (8)
87 comentários:
De sacha hart a 1 de Dezembro de 2012 às 22:57
Sinto-me exactamente como tu, e como tal adorei imenso este teu texto. Está tudo dito, não teria feito melhor.
De Beatriz a 1 de Dezembro de 2012 às 23:08
este conteúdo deste post é talvez um dos melhores, que já li. diz tudo! favoritei.
De inês silva- a 1 de Dezembro de 2012 às 23:50
Eu é que agradeço pelo teu comentário! Eu sei que é uma fase e que vai passar, porque passam sempre, mas por vezes é frustrante, demasiado até. Muito obrigada mesmo, o teu comentário fez-me sorrir e fez-me lembrar o porquê de gostar tanto de falar com as pessoas deste mundo dos blogues :) e acho que não vale a pena chatear-te com as minhas coisas querida! Muitos beijinhos*
De liz collingwood a 2 de Dezembro de 2012 às 01:25
tal e qual, subscrevo! e ainda há pessoas que não gostam dessas pessoas mas são iguais ou menos piores, tipo aquelas miuditas que sabem imenso da vida por já terem perdido um namorado que namorou um mês, por exemplo.
aah esqueci-me de te dizer, escreves tão bem!

- é que é mesmo! :)
desejo que isso não aconteça, a sério! de certeza que não mereces isso. vai tudo correr bem. sim pequena :')
De cíntia Fernandes a 2 de Dezembro de 2012 às 13:00
Adoro adoro adoro, dos melhores textos que já escreveste!
beijinhos fofii adoro-te :)
De Marta a 2 de Dezembro de 2012 às 16:50
nao nao, foi a minha melhor amiga que me disse :)
De meninapequenina. a 2 de Dezembro de 2012 às 18:46
AMEI!
E obrigada pelas tuas palavras,espero que isso aconteça de facto.
De Marta a 2 de Dezembro de 2012 às 19:50
ja somos duas, nao é verdade? na altura quando ela me disse aquilo eu fiquei tipo "omgggg"
De ana gonçalves a 2 de Dezembro de 2012 às 20:31
Obrigada!
Adorei o que escreveste aqui em cima. Pena que a nossa sociedade seja tão assim como descreveste.
De liz collingwood a 3 de Dezembro de 2012 às 00:13
sim, sou eu. tanto este como todos os anteriores :b

sim, compreendi perfeitamente!

- a sério? está mau? :x discutem?

Comentar post

.Fevereiro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. m

. dark place

. quero-te...

. simplesmente, tu...

. conselho do dia

. vintage

. photo :. 1 mês

. só nós é que exercemos co...

. um pedaço que faz parte d...

. pintar o céu